Armazenagem de sementes

O armazenamento envolve etapas que vão desde a maturidade fisiológica da semente, ainda no campo, até o momento em que ela é semeada e se iniciam os processos de embebição e de germinação. O armazenamento de sementes adequado auxilia a diminuir a velocidade de deterioração da semente, permitindo a preservação da viabilidade e do vigor da mesma.

Por essa razão, deve-se atentar para o período que antecede ao armazenamento, o qual poderá comprometer a viabilidade da semente durante o mesmo, uma vez que o nível de qualidade da semente é definido no campo. (Fonte: Embrapa).

Campo de produção de sementes pós maturidade fisiológica, momento em que já se inicia a etapa de armazenagem

Após a colheita, no período em que a semente ficará armazenada em bigbags ou sacarias até o plantio, certos cuidados devem ser tomados visando a manutenção da qualidade das sementes:

    • Temperaturas devem ser abaixo de 25°C e umidade relativa do ar abaixo de 70%;
    • Pé direito alto (auxilia na circulação de ar);
    • Evitar contato direto com o piso;
    • Limpeza: Ambiente deve estar livre de fungos e roedores.

Sementes armazenadas em local limpo, com pé direito alto proporcionando temperatura adequada para armazenagem e sob palets

Ao realizar a compra de sementes certificadas, o produtor estará garantindo a implementação de sua lavoura com sementes que passaram por todo esse processo de controle. Desde o campo de produção, armazenagem em estruturas adequadas até a entrega do produto final.

 

 

 

 

 

 

 

 

“É importante reforçar que semente boa se faz no campo.
A armazenagem adequada irá auxiliar na preservação da qualidade das sementes.”